No Brasil, cada pessoa desperdiça 41,6 kg de alimentos por ano, considerando apenas o desperdício de alimentos que ocorre nas refeições feitas em casa, segundo pesquisa realizada pela Embrapa em parceria com a FGV em 2018. Arroz, carne vermelha, feijão e frango são os alimentos mais jogados fora. 

Aprender a manusear e armazenar corretamente os alimentos é fundamental para evitar o desperdício, além de alguns hábitos que ajudam a aproveitá-los em sua totalidade – como, por exemplo, organizar a despensa para priorizar o consumo de alimentos próximo do vencimento. 

Vamos aprender maneiras de prolongar a validade dos alimentos em casa e evitar o desperdício? Confira neste post! 

Conservação de alimentos

 

Frutas, verduras e legumes

 

Antes de guardar frutas, verduras e legumes na geladeira

Faça a higienização com 1 colher de água sanitária para 1 litro de água. Se forem higienizados e secos antes de serem armazenados na geladeira, esses alimentos podem durar até cinco dias. Com exceção das frutas tropicais, como banana e abacate, que escurecem quando refrigeradas.

Leia também:

Como higienizar alimentos e embalagens

 

Não consegue consumir na hora? Congele!

Se tiver muitos alimentos frescos, congele usando a técnica de branqueamento: corte o legume ou a verdura em pedaços pequenos e, em seguida, coloque em uma panela com água fervente. Espere 5 minutos, retire o alimento e coloque em uma vasilha com água gelada e gelo, por 2 minutos.

Aproveite os alimentos em sua totalidade

É possível reaproveitar partes não convencionais, como os talos e cascas das frutas, por exemplo. 

 

Queijos

 

Eles permanecem sem estragar de cinco dias a um mês, se bem conservados na geladeira. Os modelos mais molinhos, como ricota e minas, aguentam no máximo cinco dias, enquanto que os mais duros, como provolone e parmesão, têm maior tempo de conservação. Fique atento à alteração da cor.

 

Comida pronta

 

Guarde as sobras das refeições na geladeira e em embalagens hermeticamente fechadas para evitar a proliferação de bactérias. Outra dica é preparar pequenas porções e congelar para ter sempre uma opção pronta nos dias mais corridos.

 

Leite

 

Se for pasteurizado, deve ser consumido em um dia, porque azeda rapidamente, ao contrário do longa vida, que dura de três a quatro dias na geladeira.

 

Carnes

 

Divida as carnes em pequenas porções para congelar, assim é mais fácil dosar a quantidade que será consumida. Para um maior controle da validade, coloque etiquetas com as datas que foram embaladas. 

 

Use as forminhas de gelo

 

As formas de gelo são versáteis! Elas são um ótimo utensílio para dividir alimentos em pequenas porções, como o molho que sobrou do almoço, a papinha de bebê, polpa de fruta, azeite com ervas etc.

 

Fonte: Redação blog Nocta; site eCycle

Imagens: Freepik

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *