A ansiedade pode se manifestar de diversas maneiras, como: agitação, pensamentos obsessivos, dificuldade para dormir, baixa concentração e fadiga mental. Quando você estiver se sentindo ansioso, é possível amenizar esse sentimento com exercícios de respiração. Você pode fazer no conforto de casa.

Para melhorar a respiração como um todo, tire alguns minutos do dia para se concentrar nela. Prestar atenção aos movimentos. E não precisa de muito, de três a sete minutos para começar já são suficientes.

1. Alongamento da caixa toráxica e do abdômen

Comece por aqui. Sente em posição ereta. Pode ser no chão ou em uma cadeira. Tire um momento para respirar lentamente: puxe o ar pelo nariz, de forma lenta e profunda, e solte pela boca. Experimente deixar a saída do ar durar um tempo maior do que a entrada.

2. Respire pelo diafragma

Treinar esse tipo de respiração é importante e ajuda a regular o organismo e o sistema nervoso. Mas não adianta ficar expandindo e contraindo o abdômen enquanto respira, e sim respirar lenta e profundamente e observar o próprio movimento.

A forma de fazer isso facilmente é unir os dedões do pé em frente ao corpo, exatamente na linha que representa o centro do nosso corpo, e manter os calcanhares afastados. Coloque as mãos sobre o abdomên para sentir o movimento.

3. Respiração abdominal deitada

Antes de dormir, coloque as mãos sobre o abdômen, respire devagar, aumentando a barriga, contando mentalmente até cinco. Dê uma pausa, segure o ar, contanto até cinco. Depois, exale lentamente, contando até seis. Pratique esse padrão de 10 a 20 minutos por dia.

4. Pratique a respiração quadrada

Esse tipo de respiração inclui mais do que apenas inspirar e expirar, é feita uma pausa antes de cada uma dessas ações. É chamada quadrada, pois todos os passos são feitos com a mesma duração de tempo. Deixe o ar entrar em seu corpo, enquanto você conta, lentamente, até três. Segure o ar nos pulmões, contando até três novamente. Depois, solte o ar lentamente, no mesmo tempo. Após a expiração, mantenha-se sem ar, contando lentamente até três também. Você pode variar esse tempo também, aumentando-o, mas sempre mantendo o mesmo.

5. Pratique a expiração alongada

No dia a dia, você pode tentar sempre expirar no dobro do tempo que você inspira quando estiver em alguma situação de ansiedade, precisa relaxar e se concentrar. A respiração prolongada ajuda neste sentido.

Imagens: Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *